Saúde do couro cabeludo

EXAMES PARA AVALIAR A QUEDA DE CABELO

10/03/2017 por Drª Anaflávia Oliveira

exame-avaliar-queda-capilar
exame-avaliar-queda-capilar

10/03/2017

EXAMES PARA AVALIAR A QUEDA DE CABELO

por Drª Anaflávia Oliveira

0

O OLHAR CLÍNICO DO MÉDICO E A TRICOSCOPIA

Para avaliar a queda capilar excessiva, o médico dispõe de vários recursos para fazer uma investigação detalhada e descobrir a causa do problema.

Uma delas é o exame físico que nada mais é que o olhar clínico e experiente do médico que está acostumado a detectar os problemas capilares em seu dia a dia. Apesar de simples, demanda tempo e paciência do médico para olhar todas as regiões do couro cabeludo e fios do paciente (da raiz as pontas) e realizar os testes com suas próprias mãos (tração, porosidade, resistência, oleosidade). Por aqui, já conseguimos informações valiosas que vão contribuir para o diagnóstico.

Outro exame que não pode faltar em uma consulta para avaliar calvície e queda capilar é a tricoscopia, que é realizada através de um aparelho de microscopia digital que faz a ampliação da imagem do couro e do fio de até 200x. Com a imagem ampliada, conseguimos visualizar detalhes que não conseguimos a olho nu.

Alterações vistas através da microscopia digital do couro cabeludo:

  • Quantidade de fios presentes (densidade capilar)
  • Variação no diâmetro dos fios
  • Primeiros sinais de afinamento
  • Seborreia
  • Espinhas (foliculite)
  • Descamações aderidas no folículo
  • Vasos e nevos
  • Inflamações (dermatites)
  • Danos a haste capilar (tricorrexe, triconodose e etc)
Afinamento dos fios - Calvície

Afinamento dos fios – Calvície

Fios fraturados e escoriações

Fios fraturados e escoriações

Fio Danificado - Tricorrexe

Fio Danificado – Tricorrexe

Fio danificado - Tricoptilose

Fio danificado – Tricoptilose

Diminuição da quantidade de fios

Diminuição da quantidade de fios

Descamações na base do folículo piloso

Descamações na base do folículo piloso

Alopecia Areata

Alopecia Areata

Eu, particularmente, sou fã deste exame, e fico o tempo que for necessário avaliando todo o couro e fios, sem contar que tenho a oportunidade de mostrar e explicar ao paciente toda a minha análise na hora.

Exames laboratoriais também são muito úteis para a avaliação das causas internas, ou seja, alterações em outros órgãos podem causar queda capilar, calvície, afinamento  e fragilidade dos fios. Para entender mais detalhes, converse com seu tricologista e tire todas suas dúvidas sobre a saúde de seu couro cabeludo e fios.

Em uma próxima oportunidade, quero mostrar a vocês o TRICHOSCAN, que é um software utilizado para quantificar a quantidade de fios que estão crescendo, caindo e medir a espessura de cada fio para avaliar se eles estão passando pelo processo de afinamento bem como a gravidade do mesmo. A vantagem dele é que conseguimos avaliar de uma forma ainda mais precisa (quantitativa e qualitativa) a resposta ao tratamento. Aguadem :)

Um abraço,