Saúde do couro cabeludo

QUEDA DE CABELO NA GRAVIDEZ É NORMAL?

28/04/2017 por Drª Anaflávia Oliveira

queda de cabelo na gravidez
queda de cabelo na gravidez

28/04/2017

QUEDA DE CABELO NA GRAVIDEZ É NORMAL?

por Drª Anaflávia Oliveira

0

MINHA EXPERIÊNCIA E ORIENTAÇÃO COMO MÉDICA TRICOLOGISTA.

Eu também tive esse problema quando minha pequena nasceu e posso dizer que realmente ter queda de cabelo na gravidez não é muito agradável. Como médica, tricologista e mãe, gostaria de conversar com vocês um pouquinho.

Toda mulher quando engravida, passa por uma série de modificações no corpo e com o cabelo não é diferente. Durante a gravidez, essas alterações no cabelo são muito bem vindas já que os hormônios da gestação interferem positivamente estimulando a fase de crescimento, chamada de fase anágena.

O que acontece com os cabelos durante a gestação  ?

Normalmente, porcentagem de fios que estão na fase anágena em um couro cabeludo saudável é de aproximadamente 80%. Durante uma gestação saudável, essa porcentagem pode aumentar para até 95%. De fato, é algo que podemos ver com nossos olhos, é uma fase que recebemos muitos elogios, não é mesmo ?!  Os cabelos crescem mais e percebemos um aumento de seu volume e qualidade (maciez, brilho e resistência). De fato, até as pacientes que tratam comigo, me avisam que estão grávidas e não voltam por um longo tempo (o que também não é bom, explico o porquê no final).

A queda de cabelo no pós parto

A fisiologia capilar assim como as plantas em diferentes estações do ano são cíclicas, ou seja, há um período de crescimento, desenvolvimento e posteriormente, uma queda. De fato, os cabelos também passam pelo outono (nem sempre coincide com a estação) e caem. Processo natural, fisiológico e esperado. Como na gravidez, houve uma “primavera” dos cabelos intensa e prolongada, o seu “outono” também será mais intenso, quero dizer, uma queda capilar mais intensa irá acontecer para a maioria das mulheres.

Um detalhe bem importante, a queda dos cabelos no pós parto, não está relacionada a amamentação ou produção de leite. Toda mulher que passou por uma gravidez, independente se conseguiu chegar até seu final, do tipo de parto ou forma de amamentação poderá passar por essa fase.

chegou o outono

Créditos: Mutari Cosméticos

Como posso saber se a minha queda capilar é normal ou não ?

Como disse anteriormente, esse não é um fato patológico, a menos que você já tenha algum problema capilar que não esteja tratando ou que tenha alguma alteração hormonal, metabólica, nutricional sub-clínico, ou seja, que ainda não apresentou nenhum sinal ou sintoma aparente, mas que pode se apresentar a qualquer momento. Esses casos são mais difíceis e necessitam de uma avaliação clínica e laboratorial cuidadosa.

Converse com seu médico que cuida de seus cabelos sobre isso. Ele irá te ajudar a diferenciar o normal do patológico. E quando necessário, irá corrigir as alterações e dessa forma tratar o problema ou preveni-la.

Não há nenhum tratamento padrão que cientificamente comprovado nesta fase. Mas, há cuidados que devem ser verificados e administrados de forma individual. Minha experiência (como tricologista e mãe) comprova que por mais que não conseguimos impedir a queda fisiológica, conseguimos minimizá-la ou prevenir as quedas patológicas. Mesmo porque, algumas mulheres relatam que a queda e outras alterações que começaram no pós parto, persiste por mais de 6 meses.

Se a queda persiste por mais de 6 meses, provável que haja algo de errado nesses casos, pois a queda considerada fisiológica ocorre entre 2 a 6 meses pós parto. Mais que isso, pode ser um problema.

Você ficará mais segura e tranquila para passar por essa fase que é linda, cheia de desafios e mudanças. Nesta fase, o que mais precisamos é de apoio e auxílio, não é mesmo ?!

Um beijo para as mãezinhas e futuras mamães que estão lendo esse texto agora. Espero ter sido útil a vocês :)