Saúde do couro cabeludo

Anticoncepcional provoca calvície nas mulheres?

23/08/2018 por Dra. Patrícia Guimarães

Anticoncepcionais causam queda de cabelo
Anticoncepcionais causam queda de cabelo

23/08/2018

Anticoncepcional provoca calvície nas mulheres?

por Dra. Patrícia Guimarães

0

DESCUBRA SE OS ANTICONCEPCIONAIS CAUSAM QUEDA DE CABELO

Como médica e tricologista, recebo um número grande de mulheres no consultório, bem como muitas dúvidas nas redes sociais sobre a relação entre queda de cabelo e anticoncepcionais. Por isso, resolvi escrever para vocês, nossas pacientes e leitoras, esclarecendo sobre esse assunto que preocupa tanta gente. Vamos lá!

OS ANTICONCEPCIONAIS CAUSAM QUEDA E/OU RAREFAÇÃO DOS CABELOS?

Neste caso, há duas situações diferentes: a queda capilar em si e o afinamento dos cabelos (rarefação). A dúvida surge por conta de os anticoncepcionais combinarem alguns hormônios que são capazes de interferir na estabilidade dos fios. Parte das mulheres constatam que, ao interromper ou trocar de medicamento, os cabelos começam a cair de maneira abundante. De fato, isso acontece, e a causa é a readaptação do corpo à nova situação hormonal.

A troca ou interrupção de qualquer tipo de tratamento hormonal (seja contraceptivo ou para menopausa) provoca uma variação brusca nas mulheres, favorecendo a queda de cabelos. Na maioria dos casos, quando a mulher nunca teve nenhum outro tipo de problema hormonal, essa queda acentuada se interrompe naturalmente.

POR QUE OS CABELOS PODEM CAIR?

Tanto a introdução quanto a retirada do anticoncepcional podem levar à queda dos fios, o que é conhecido como “eflúvio telógeno”, um encurtamento do ciclo de crescimento dos cabelos e um consequente aumento da quantidade de fios que se desprendem do couro cabeludo.

Porém, essa alteração tende a se normalizar dentro de alguns meses após o uso do medicamento ou da sua interrupção. Em outra situação, mulheres que já têm tendência a desenvolverem uma alopecia androgenética podem desenvolver um quadro de afinamento dos cabelos com mais rapidez quando há a retirada ou mudança da pílula, como ocorre na situação de menopausa, que é quando os níveis hormonais femininos estão mais baixos.

QUAL É A SOLUÇÃO?

Seja qual for a situação vivenciada, é de extrema importância uma criteriosa análise da sua história clínica, bem como dos níveis hormonais e tratamentos por quais já passou ou está passando, para que seja aconselhado o melhor a se fazer. Neste caso, é o tricologista que irá te ajudar, montando esse quebra-cabeças e, junto com o seu ginecologista, te orientando como prosseguir sem prejudicar os cabelos.

Espero ter ajudado! Obrigada pela atenção e até breve!

Deseja agendar uma consulta? Entre em contato conosco nos telefones (11) 2769-1796 | (11) 94518-1135 ou envie um e-mail para agendamento@folyic.com.br. Estaremos à sua disposição para agendamentos e mais informações.

www.folyic.com.br

Instagram: @folyic_tratamento_capilar

Facebook: Folyic Tratamento Capilar