Estilo de Vida

BENEFÍCIOS DO MICROAGULHAMENTO NOS TRATAMENTOS CAPILARES E NA BARBA

26/11/2018 por Magdalena Rios Osuna

BENEFÍCIOS DO MICROAGULHAMENTO NOS TRATAMENTOS CAPILARES E NA BARBA
BENEFÍCIOS DO MICROAGULHAMENTO NOS TRATAMENTOS CAPILARES E NA BARBA

26/11/2018

BENEFÍCIOS DO MICROAGULHAMENTO NOS TRATAMENTOS CAPILARES E NA BARBA

por Magdalena Rios Osuna

0

CONHEÇA ALGUNS DOS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DOS TRATAMENTOS PARA BARBA COM MICROAGULHAMENTO!

Começo o texto com essa citação que li no blog Barba Brava que achei bem interessante:

“Uma rotina de cuidado com o rosto e o corpo vai além do gênero feminino. É fundamental que os homens tenham a preocupação em estar com o corte de cabelo em dia, a barba bem feita, unhas limpas e aparadas, pele viçosa, corpo resistente e saudável. Estas atitudes não são peculiaridades dos mais vaidosos, são hábitos de higiene e cuidado próprio. O rosto é o nosso cartão de visitas”, como diria Alexandre Taleb.

Por muitos anos, enquanto cresceu nos rostos dos homens da raça humana, a barba tem sido orgulhosamente cultivada, incansavelmente difamada, oficialmente encorajada, carinhosamente perfumada, publicamente criticada, consistentemente amada, agressivamente denunciada, ou seja, decididamente polêmica. Acima de tudo, orgulhosamente exibida e ardentemente admirada, se não por todos ou alguns, ao menos pelos seus próprios portadores. Vamos entender como funciona um dos tratamentos mais eficazes para aumentar o volume da barba.

O que é o microagulhamento?

Para realizar o microagulhamento, utilizamos um pequeno instrumento em forma de rolo, composto por 190 a 540 microagulhas de aço inoxidável e estéreis alinhadas de modo simétrico em fileiras. O comprimento da agulha varia de 0,25mm a 2,5mm (LIMA; LIMA; TAKANO, 2013).

Como é realizado e quais os benefícios do microagulhamento?

A técnica consiste em deslizar o rolo nos sentidos vertical, horizontal e diagonal na média de 10 a 15 vezes em cada sentido, com uma pressão moderada, provocando escoriações na pele (LIMA,2015). Isto quando se trata de capilar; facial temos que lembrar que a pele é mais fina e o número de passadas tem que ser menor.

O tratamento tem como objetivo provocar uma lesão superficial na epiderme, causando um processo inflamatório, levando ao estímulo da produção de fibroblastos (KLAYN; LIMANA; MOARES, 2012 et al DODDABALLAPUR, 2009).

Outra vantagem do uso do microagulhamento é o aumento da permeabilidade de ativos, por meio de micro canais que ajudam a absorção do ativo, podendo aumentar a penetração de moléculas maiores (KLAYN; LIMANA; MOARES, 2012).

Quais os cuidados e contra-indicações do microagulhamento?

A técnica parece simples, porém requer conhecimento em biossegurança, anatomia, fisiologia, patologia e sobretudo saber manusear bem o instrumento, a fim de evitar lesões e infecção por contaminação.

Antes de iniciar o tratamento, é necessário que se faça uma boa avaliação e o registro fotográfico de antes.

Deve-se evitar o microagulhamento em pacientes que estejam:

  • Com lesões ou feridas expostas
  • Com a pele bronzeada e/ou queimada devido à exposição solar
  • Com pústulas e nódulos actíneos
  • Com herpes ativa
  • Com histórico de má cicatrização e queloides
  • Fazendo uso de Roacutan®, anti-inflamatórios e anti-coagulantes
  • Gestantes e lactantes
  • Neoplásicos (em qualquer fase)
  • Com rosácea ativa
  • Apresentando algum tipo de alergia aos ativos

Para finalizar, mostro o relato de caso de A.F.S.L, 30 anos, que se queixava que a barba estava ficando mais rala e gostaria de ter mais volume. Foram realizadas 11 sessões de microagulhamento facial com agulha de 0,5 mm, com intervalo entre 30 dias cada.

Estudo de caso. Fonte: Magdalena Rios - FOLYIC ©

Estudo de caso. Fonte: Magdalena Rios – FOLYIC ©

Lembrando que o microagulhamento pode fazer parte de protocolos mais completos, associando com o laser vermelho e outras técnicas. A sinergia (combinação), geralmente, traz melhores resultados.

A história da barba – Fatos interessantes

A presença (ou falta) de barba no homem deixou sua marca na arte, literatura, história, comércio e guerra. Em todas estas áreas, temos claras evidências e membros memoráveis da influência da barba em suas obras, ações e resultados.

Sem a existência da barba através dos milênios, Michelangelo não teria esculpido o esplêndido Moisés barbado, Rossini não teria escrito sua ópera Il Barbiere di Seviglia, já que barbeiros não teriam existido. Até mesmo as contradições dialéticas de Karl Marx teriam sido menos impactantes sem sua imponente barba para apoiá-lo.

Cena da ópera Il Barbiere di Seviglia

Cena da ópera Il Barbiere di Seviglia

O mesmo se aplica também a boa parte dos grandes pensadores e filósofos da antiguidade e da modernidade. Como adorno utilizado para intimidação do oponente por alguns exércitos da antiguidade, sem a barba talvez estes não teriam ganho batalhas, as quais resultariam em mudanças culturais e políticas, possivelmente, drásticas, considerando o efeito borboleta que pode[ria] ter ocorrido.

Homens de todas as idades, classes sociais e ideologias têm orgulhosamente feito comparações entre suas barbas e os adornos dados pela natureza aos leões, tigres e até mesmo bodes. E não é por menos: todos estes são símbolos de poder, dominância, masculinidade, imponência, agressividade, status, força, ousadia e coragem.

Apesar disso, em cada época, cultura e religião, podemos identificar o impacto da barba e seus portadores sobre os resultados de suas intervenções. Não é à toa que muitos homens de negócios, lordes, barões e outros homens de poder e influência utilizaram o termo “no fio da barba” não apenas para designar simbolicamente o fechamento de um negócio ou acordo em substituição a um contrato.

Os mais fiéis à expressão, em alguns casos, literalmente arrancavam um fio da barba e entregavam à outra parte para simbolizar de que poderia dar plena confiança a este acordo, pois ele seria cumprido por ter sido prometido pela barba do proponente.

Você sabia que a barba tem uma função? Um razão de ser e existir?

Além de charme, a barba tem várias utilidades. Segundo estudos desenvolvidos pela Universidade de Southern Queensland, na Austrália, os pelos no rosto protegem a pele, deixando-a menos exposta à radiação solar. Já uma pesquisa realizada por Adam Roberts, microbiologista da University College London, a pedido da BBC, apontou que não passa de mito a crença de que pessoas com barba têm mais bactérias no rosto. Outro estudo feito por um hospital americano revelou que os barbados têm três vezes menos um tipo de bactéria responsável por infecções hospitalares.

No Egito Antigo, a barba era usada somente pela nobreza, representando status social. Na Itália, os vendedores barbados eram vistos com mais confiança para vender seus produtos. Tal confiança também foi confirmada por uma pesquisa publicada no Journal of Marketing Communications.

Desde 1995, é realizado o Campeonato Mundial de Barba e Bigode com a disputa de representantes de mais de 20 países, em que são avaliados os mais estilosos e estranhos bigodes, cavanhaques e barbas do mundo.

Com todas essas curiosidades sobre a barba, você pode sim convencer os mais descrentes de que ela é, sim, sinônimo de beleza, saúde, confiança e virilidade. Mantendo sua barba sempre bem cuidada, você carregará em seu rosto um símbolo da masculinidade, simplesmente como uma questão de estilo.

Com tudo isto acontecendo no mundo dos homens, a procura por aumentar o volume e a densidade da barba tem aumentado. Como método para ajudar neste processo de ter a barba dos sonhos, temos o microagulhamento, como mecanismo para obter o resultado desejado, ou pelo menos chegar bem perto do objetivo.

Caso conheça alguém que ficaria feliz em saber que esse programa existe e poderia ajudá-lo de alguma forma, compartilhe!

www.folyic.com.br

Instagram: @folyic_tratamento_capilar
Facebook: Folyic – Tratamento Capilar