Saúde do couro cabeludo

Benefícios da Folha de Goiaba para o Cabelo

31/07/2019 por Magdalena Rios Osuna

Benefícios da Folha de Goiaba para o Cabelo - Blog FOLYIC - Tratamento Capilar
Benefícios da Folha de Goiaba para o Cabelo - Blog FOLYIC - Tratamento Capilar

31/07/2019

Benefícios da Folha de Goiaba para o Cabelo

por Magdalena Rios Osuna

0

ENTENDA COMO A FOLHA DE GOIABA AGE NO TRATAMENTO CAPILAR

Com frequência, recebemos perguntas e comentários das pacientes e profissionais sobre os benefícios da folha de goiaba para o cabelo. Na internet, infelizmente, ela é considerada como milagrosa, mas quem estuda a tricologia sabe que não existe tratamento milagroso ou mágico.

Não gosto deste tipo de abordagem, mas é claro que as folhas da goiaba têm seus efeitos terapêuticos, e quem estuda fitoterapia consegue entender o por que de seus benefícios. Elas têm propriedades anti-inflamatórias, antimicrobianas, antioxidantes e adstringentes. Por isso, podem ser utilizadas como coadjuvantes no tratamento capilar. Quem quiser entender um pouco mais sobre o assunto, convido a ler o artigo que a Terapeuta Capilar Magdalena Rios escreveu para vocês após fazer um levantamento dos estudos já realizados com esta planta medicinal. – Dra Anaflávia Oliveira, médica e tricologista IAT.

Os Benefícios da Folha da Goiabeira para os Cabelos

A goiabeira é uma árvore tropical nativa das Américas do Sul e Central. Além do seu fruto, suas folhas também são bastante utilizadas para fins medicinais, podendo trazer inúmeros benefícios à saúde, incluindo os cabelos.

Não é à toa que as folhas de goiabeira são utilizadas desde a Antiguidade para tratar problemas capilares, como a queda e falta de crescimento. Hoje, você pode encontrar em mercados populares ou farmácias especializadas em produtos naturais.

Mas, por que as folhas da goiaba são benéficas para o cabelo? O que contém nas folhas que favorece a saúde dos cabelos?

As partes usadas da goiabeira são as folhas (brotos), casca do caule e o fruto maduro, apresentando os seguintes componentes bioquímicos: mucilagens; taninos; óleo essencial; sais minerais; ácidos orgânicos; água; carboidratos; proteínas; lipídios; cinzas; vitamina A (Retinol); vitamina B (Tiamina); vitamina B2 (Riboflavina); niacina; vitamina C (ácido ascórbico); sais mais importantes: cálcio, fósforo e ferro.

Ricas em vitaminas A, B e C, além de licopeno, fibras e potássio, este poderoso ingrediente natural pode oferecer desde propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, antimicrobianas e antioxidantes, além das as propriedades adstringentes das folhas da goiabeira que são ricas em tanino.

A Folha da Goiabeira como Planta Medicinal: Seu uso ao longo do tempo

A utilização da planta na medicina alternativa ou medicina popular é bastante antiga. Os índios já a usavam na antiguidade para a prevenção e cura das mais diversas doenças e este uso não inclui apenas o fruto, as folhas e cascas da goiabeira servem para a confecção de um chá.

Além de seu uso alimentar, existem evidências do uso medicinal das folhas de goiaba desde épocas pré-colombianas, como adstringente e anti-sarna. Foi utilizada pelo exército na guerra da independência de Cuba, no século XIX. Tem seu uso citado na obra “El médico botânico criollo”, de Grosourdy, em 1.864, em casos de indigestão, resfriados e doenças de pele.

A valorização das plantas medicinais, suas folhas, caules e frutos, vem sendo feita numa intensidade cada vez maior e as plantas e ervas de várias ordens e famílias têm sido cultivadas em grande escala e ampliando o mercado mundial ao ponto de gerar um lucro de 15 bilhões de dólares anuais, sabendo-se que mais de 10% das drogas usadas como medicamentos são extraídas de plantas.

Por outro lado, a maioria destas plantas e ervas que tem eficácia e valor farmacológicos, são conhecidas da tradição popular e da tradição indígena, e muitas vezes elas são associadas em um tratamento mais complexo, cujos conhecimentos completos, muitas vezes, se perderam devido às condições geradas pela Civilização Moderna.

Mas de forma fragmentada, a cultura popular de tratamento com plantas e outros elementos naturais mantém-se viva e parece ganhar um novo impulso justamente pelo lado da ciência e da produção modernas.

A farmacêutica e pesquisadora Nilsa Sumie Yamashita Wadt iniciou os estudos com as folhas há dez anos e, desde 2016, realiza a pesquisa com pacientes na rede pública de saúde de Valinhos. “São dois compostos principais nas folhas dessas plantas [goiaba e pitanga]. Os taninos, que servem como cicatrizantes e têm uma ação microbiana muito efetiva, e os flavonoides, que são anti-inflamatórios naturais”, explicou Nilsa.

“Porém, se usadas de maneira errada, causam, sim, reações adversas”, chama a atenção a bióloga Maria Thereza Gamberini, da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Portanto, seu uso deve ser feito com responsabilidade e sob orientação médica, como é praxe entre os remédios sintéticos convencionais.

Como usar a Folha de Goiabeira nos cabelos

Cuidados e Precauções

Geralmente empregado para casos agudos, podendo porém, ser utilizado por até 30 dias consecutivos.

Contra-indicações: Gravidez, lactação e em crianças menores.

Obs.: Lembramos que as informações aqui contidas, terão apenas finalidade informativa, não devendo ser usadas para diagnosticar, tratar ou prevenir qualquer doença, e muito menos substituir os cuidados médicos adequados.

Espero que tenham gostado e até a próxima!

Caso conheça alguém que ficaria feliz em saber mais sobre essas questões, compartilhe!

www.folyic.com.br

Instagram: @folyic_tratamento_capilar

Facebook: Folyic Tratamento Capilar