Beleza dos fios

QUANDO A QUEDA DE CABELO É PREOCUPANTE?

22/08/2019 por Drª Anaflávia Oliveira

Quando a queda de cabelo é preocupante - Blog FOLYIC - Tratamento capilar em São Paulo
Quando a queda de cabelo é preocupante - Blog FOLYIC - Tratamento capilar em São Paulo

22/08/2019

QUANDO A QUEDA DE CABELO É PREOCUPANTE?

por Drª Anaflávia Oliveira

0

DESCUBRA A PARTIR DE QUE MOMENTO É PRECISO SE PREOCUPAR COM A QUEDA CAPILAR!

Para algumas pessoas, pode ser desesperador ver o cabelo cair. Porém, é absolutamente normal perder uma certa quantidade de fios por dia – cerca de 50 a 100. É claro que ninguém vai contar fio por fio, mas se o volume começar a chamar a atenção, é sinal que está na hora de procurar um especialista!

A conversa de hoje é muito especial, pois neste mês, além de ter recebido um diário lindo e caprichado do cabelo, feito por 8 meses seguidos, de uma querida paciente que faz acompanhamento comigo há anos (ainda falarei só deste diário para vocês, pois tem informações riquíssimas), recebi também um comentário de uma seguidora sugerindo que eu escrevesse sobre mitos e verdades referentes ao ciclo capilar (crescimento e queda).

Aliás, fica o convite para quem quiser sugerir algum tema, só escrever nos comentários do feed no nosso instagram @folyic.trocologia.natural. Colocarei na lista de temas pedidos. 🙂

Sabemos que tem épocas do ano em que o cabelo cai mais ou menos, não é mesmo?! Isso é algo que não causa preocupações para quem não tem nenhum problema capilar.

É um fato que nem ligamos, pois sabemos que vai passar.

Porém, para quem está em tratamento ou já passou por algum problema, essa fase de queda vem acompanhada de muita ansiedade, medo e angústia, pois muitas pessoas não suportam o fato do cabelo cair de forma acentuada novamente.

Isso é compreensível, e por isso entender o funcionamento cíclico do cabelo é tão importante e de certa forma confortante para quem está angustiado.

Algumas curiosidades e fatos sobre o ciclo de crescimento e queda dos cabelos:

Fase Anágena, Catágena e Telógena – O ciclo capilar e seus ritmos

A fase de crescimento (fase anágena) dura, em média, de 3 a 6 anos.

Após este período, o fio entra na fase de repouso (3 semanas) e queda (fase telógena), caindo em até 3 meses. Este tempo sofre variações.

Em seguida, o novo ciclo recomeça.

O cabelo cai mais no Outono?

Como as árvores, o cabelo também passa pelo período da primavera (crescimento), verão (auge do desenvolvimento), outono (repouso) e inverno (queda).

É comum coincidir com as estações do ano, mas não é uma regra não, ok?

Aqui no consultório (já atendo há anos), fica bem perceptível para mim o aumento das queixas de queda acentuada no período do outono, por exemplo.

O resultado do tratamento capilar demora, em média, 3 meses. Por que demora tanto?

Assim como uma folha seca, quando o fio entra para a fase de repouso (catágena) ou queda (telógena), ele vai cair para dar lugar ao novo. É apenas uma questão de tempo, não há retorno.

Por isso, o fio que desprendeu de seu couro cabeludo hoje pode ter entrado para fase de queda meses atrás. E esse é o motivo pelo qual pedimos aos pacientes um prazo (em torno de 3 meses) para perceberem o resultado do tratamento capilar. Neste período, a queda fica muito instável, algumas semanas pós tratamento pode inclusive piorar, mas não deve ser motivo de desespero ou julgamento errado do tratamento.

Muitos percebem antes, mas isso vai depender do estágio do ciclo em que se encontra e dos tratamentos prévios.

Outros fatos:

Cada folículo piloso tem seu funcionamento de forma independente um do outro. Ou seja, alguns folículos podem estar na fase de crescimento, outros na fase de repouso e outros na fase de queda, distribuídos de forma aleatória. Percebemos isso, pois os fios que caem vêm de diversas áreas do couro cabeludo.

Isso é ótimo, pois não percebemos falhas. Já pensou se caíssem por áreas? Notaríamos falhas que migrariam de uma região para outra.

Os fios crescem, em média, em torno de 1 cm ao mês. Com 3 anos, esperamos que o comprimento dos fios esteja próximo a altura dos ombros. Pacientes que têm um ciclo anágeno (crescimento) mais curto (de 2-3 anos), alcançarão um menor comprimento dos fios do que pessoas que têm um ciclo longo (mais de 5-6 anos).

A duração do ciclo de cada pessoa é constitucional (programado geneticamente), mas o ciclo sofre muitas influências do meio ambiente (hábitos alimentares e estilo de vida) levando a alterações em cada uma das fases.

Há, em média, cerca de 100 a 150 mil folículos pilosos (FP) presentes no couro cabeludo desde o nascimento. Já considerado um órgão, produz, emite e recebe sinais (moléculas) de forma local e a distância interagindo com outros órgãos e sistemas principalmente com sistema nervoso, imune e endocrino.

É uma estrutura de funcionamento complexo e ainda não totalmente desvendada com várias funções, sendo uma delas de produzir o fio de cabelo. No site da FOLYIC, você encontrará mais conteúdo sobre o funcionamento do cabelo e o que pode interferir no seu desenvolvimento.

Sobre Envelhecimento Capilar:

À medida que envelhecemos, o cabelo também envelhece – digo isso pois às vezes esquecemos disso. Difícil alguém aceitar de forma tranquila que o cabelo está mais fino e reduziu seu volume ao longo dos anos.

Associamos o envelhecimento capilar apenas aos fios brancos, mas não com a redução do volume.

Percebemos essa redução de forma acentuada por volta dos 30 e poucos anos, com uma redução que pode chegar a até 20% (sim, é muita coisa) e continuar até o início da terceira idade.

CUIDADOS COM O CABELO PARA AS MULHER APÓS OS 30 ANOS

O fato do envelhecimento capilar existir e ser algo inevitável não significa de forma alguma que não há nada a ser feito ou que  simplesmente devemos nos conformar com o destino e deixar de agir.

Há tratamentos, produtos e rotinas específicas para esta fase com o objetivo de retardar esse processo e melhorar a qualidade dos fios. Converse com um bom cabeleireiro, terapeuta capilar e/ou tricologista. Você vai se surpreender de forma positiva, claro.

Realizar exames preventivos para descartar desequilíbrios no organismo que podem impactar nos cabelos é muito útil e evita angústias e medos desnecessários, pois muitas vezes conseguimos detectar e corrigir as alterações presentes antes mesmo do cabelo ser afetado.

Caso conheça alguém que ficaria feliz em saber mais sobre essas questões, compartilhe!

www.folyic.com.br

Instagram: @folyic.tricologia.natural

Facebook: Folyic Tratamento Capilar